.orgulho e preconceito

– Como correu o teu dia?
– Não quero falar sobre isso.
– Porquê?
– Porque não.
– Foi assim tão mau?
– Pior.
– Conta-me.
– Não.
– Dá-me uma razão para não o fazeres.
– Se te contar, sou obrigado a recordar. Não quero, recuso-me.
– Falar ajuda.
– Dizes tu.
– Porque sei que é verdade.
– Então, porque não te ajuda a ti?
– Quem disse?
– Vejo eu, por mais que fales, as coisas não passam pura e simplesmente.
– Talvez fale sobre as coisas erradas.
– Que mais há para dizer?
– Se tu não sabes, como queres que eu o saiba?
– Vais contar ou não?
– Não.

[listening to Minor Swings by Belleruche]

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s