.até ao fim

Falas. Dizes o que sentes. Já acabaste? Resolveste alguma coisa? Não? Porque será? Se tomasses uma decisão talvez as coisas mudassem, talvez a tua vida se endireitasse. Preferes sofrer a arriscar. Acomodaste-te. Deixas-te estar, sentes-te bem no teu conforto aparente. Efémero. Irreal.

Gostavas que as coisas mudassem mas tens medo? Compreendo-te. Custa deixar para trás aquilo que pensamos que nos poderá fazer falta. Mas isso não acontece, pois não? Quanto mais deixas andar, mais vês que não existe futuro. Mas insistes. Porquê? Isso já não consigo compreender. Gostas de te sentir miserável, só pode. Bater no fundo do poço e continuar a escavar. Bastava tentar.

Quem sabe, tudo melhora.
Ou não.
Mas, pelo menos, ficavas a saber.

One thought on “.até ao fim

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s