.queda livre

Respiro fundo e tento registar o rodopio de palavras que dançam sem parar numa mente que não pára. Há interrogações que não deixam de ser interrogações, devia mas não consigo aceitar o que não controlo. Oiço, ao longe, os tijolos que caem de muros colados com pastilha elástica no solo pesado.

Continuo sem conseguir escrever, talvez seja esse o preço a pagar pela felicidade, não há perfeição mas consigo chegar perto, vislumbro o que poderá ser e sorrio, amanhã poderá ser sempre melhor, raramente, mas gosto de continuar a acreditar nisso. Aproveito os momentos de silêncio para passar os olhos pela sabedoria alheia, sinto falta da adrenalina latente dos minutos que se esgotam, fala, escreve, carrega no botão, desmembra o tempo em parcelas, soma e segue, chega a noite e vamos para casa, amanhã há mais e nem sempre melhor.

Sento-me direito na cadeira e sustenho a respiração, se fechar os olhos talvez tudo desapareça e fiquem apenas as partes boa deste enredo criado por quem apenas sabe sonhar acordado. Gostava de ter a sorte de poder cair num buraco sem fim e flutuar, apenas flutuar, por mil anos, sempre a descer sem parar, até chegar à toca de um coelho que  veste o traje de gala mesmo quando vai trabalhar.

Não sei onde coloquei a rede de segurança que tão cuidadosamente teci, terei imaginado que ela existia ou terá sido levada por sombras fugidias que iludem a minha vista dorida por mágoas choradas de passados que não se conformam com a sua natureza de passados.

No interior da boca multiplicam-se sucessivas feridas criadas por caninos aguçados.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s