.pride or prejudice



{via ale di gangi}

Embrulhamos em papel celofane os medos e incertezas, acenando em concordância por temermos que o vizinho revele, em sons, mosaicos, zeros e uns, que ainda não conseguimos aceitar que deixar o pó debaixo do tapete não é suficiente para manter a casa limpa. O fumo no prédio ao lado não consegue quebrar o meu estado de absoluta indiferença. O meu instinto diz-me para fechar os olhos e cristalizar, não quero acordar mais agora que sei não existir nada de encantado à espera.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s