.re.star.t

Sinto o sistema a reiniciar, lenta, muito lentamente, mais não faço que aguardar frente a um ecrã cinzento, o frio dos pés não passa mesmo que bata com eles no chão e acorde o sangue morno nos corpos adormecidos. O eco longínquo ajuda-me a perceber que o intervalo está a acabar. 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s