.cruzamento

Envoltos pela sombra, trocamos palavras cujo significado não é mais que o aparente. Voltam-se a cruzar destinos fugitivos, caminhantes solitários que se encontram e seguem, juntos, para mais tarde se separarem, num ciclo interminável que ninguém pode controlar.

Esboçam-se rostos escondidos pelo negrume da noite, aparições que elevam a voz até serem ouvidas pelos vivos.

A distância separa dois corações que teimam em não se abrir para o mundo. Os cães uivam enquanto a lua viaja solitária, acompanhada pelas estrelas brilhantes. 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s