.9 verdades mais ou menos universais

  1. Era bom se as ideias estivessem disponíveis em prateleiras do supermercado.
  2. As tradições são sempre mais confortáveis que as mudanças imprevistas.
  3. Pagamos promessas de joelhos. Porque é assim que foi dito. E se foi dito, é porque tem de ser.
  4. A cultura pode ser entendida como a construção ou renovação de algo, a criação de novas coisas. Mas nunca como a destruição de algo.
  5. Uma bala perdida, mesmo quando é intencional, deixa sempre um buraco maior à saída. 
  6. No meio do caos que são as nossas vidas ainda existe a esperança que um dia tudo seja mais claro.
  7. Sinto-me culpado por querer mais.
  8. Ao longe, é sempre mais fácil virar a cara e assobiar. Continuo a sentir-me culpado por deixar que as gotas façam transbordar um copo que nem meio cheio está. Virar a página é um acto de sabotagem?
  9. Depositamos no nosso corpo os sentidos e abraçamos a urgência de sermos usados, gastos e experimentados e, ao mesmo tempo, alimentamos o ressentimento que provoca o desgaste e o contacto. 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s