.ausência de cor

Gosto de pensar que no preto da roupa que uso vivem todas as outras cores e que no negativo ganham vida imagens captadas em instantes esquecidos. Abomino a minha caligrafia, deixei de reconhecer as palavras no papel como sendo minhas.

Gosto, também, de imaginar que, a qualquer momento, as pessoas à minha volta se vão levantar e dançar ao som da música que ecoa mais alto que o suposto.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s